Agora o ANYMARKET possui a funcionalidade de Multi CD's (Centros de Distribuição)! 


Implementamos para você uma forma de trazer todos os seus locais de estoque e cadastra-lo no ANYMARKET de forma que seja possível encaminhar todas as unidades disponíveis de venda para os marketplaces e aumentar ainda mais suas vendas! 


Além disso, com essa funcionalidade, o lojista poderá cadastrar todos os seus centros de distribuição e os respectivos SKUs no ANYMARKET fazendo regras de logística de quais CD’s os produtos devem sair conforme sua estratégia, evitando prejuízos no frete.


Vamos ao passo a passo então! 


1 - Cadastro de Locais de Estoque e Estoques


Se você possui mais de um Centro de Distribuição (Local de Estoque), você pode acessar o ANYMARKET e ir no meu Cadastro > Local de Estoque e realizar o cadastro de todos os seus CD's conforme desejar. 



Nesse cadastro, você pode definir o nome do Local de Estoque e o CEP de origem. 


A informação de CEP é utilizada para lojistas que trabalham com cotação de frete dos marketplaces via API e que passem no ANYMARKET. Dessa forma, é possível configurar que se uma cotação de frete que bater no ANYMARKET e for de um determinado Estado, ela será direcionada para o um CD específico. (Vide Regras de Logística para mais detalhes). 


A informação de Local Padrão interfere somente na integração via API. Anterior a essa funcionalidade, para realizar alterações de estoque em nossa API, não era necessário informar qual o estoque que a atualização estava sendo realizada, visto que só trabalhávamos com um único local de estoque físico. Porém, com essa funcionalidade, permitimos a existência de mais de um local de estoque físico, dessa forma, para mantermos a retrocompatibilidade de integrações via API, foi adicionado uma flag de 'Local Padrão' para que as atualizações de estoque continuem sendo realizadas com sucesso via API sem a necessidade de implementações novas. (Vide tópico sobre alterações via API para mais detalhes). 


Após termos os locais de estoques cadastrados no ANYMARKET, podemos seguir para o cadastro de Estoques no menu Estoque do sistema. 



Ao clicarmos em Novo, a tela de cadastro do estoque ficará da seguinte forma: 


Nesse momento, podemos selecionar o nosso Local de Estoque, SKU e inserir as informações de quantidade, prazo adicional e custo que já informamos hoje. 


Feito o cadastro do estoque, nosso próximo passo é o cadastro de Regras de Logística, caso queiramos. 


2 - Regras de Logística 


Com a funcionalidade de multi CD's, criamos uma regra de logística para, caso o lojista deseje, seja possível realizar regras conforme sua estratégia. 


Para acessar esse cadastro, devemos ir em Cadastro > Regras de Logística no ANYMARKET: 



Através dessa tela, conseguimos incluir novas regras; para isso, basta clicar em 'Novo': 



E na parte de Condições, hoje temos a opção de selecionar a UF de destino; para que na parte da Ação, seja possível escolher o Local de Estoque que atenderá aquela UF, conforme condição. 





3 - Alterações na API 


Em relação a alterações realizadas em nossa API; agora disponibilizamos uma consulta dos locais de estoques cadastrados (GET /stock/locals) e um endpoint para cadastro de estoques conforme os novos locais adicionados no sistema (POST stocks). Além disso, realizamos uma alteração no endpoint de atualização de estoque (PUT /stocks); agora é necessário informar o ID do local de estoque que deseja atualizar via API; caso não informado, atualizaremos o local de estoque padrão. 


A documentação encontra-se atualizada em http://developers.anymarket.com.br/tools.html. 


4 - Lógica de decremento de estoque e cotação de frete


Ao importar um pedido no ANYMARKET, devemos:

  • a) Verificar se os estoques que contém o sku em questão possuem estoque;
  • b) Verificar se os estoques que contém o sku em questão possuem regra de Logística cadastrada no ANYMARKET;
  • c) Se o estoque atender as duas regras acima (a e b), então ele terá prioridade, visto que ele possui estoque e está direcionado a ser o melhor estoque conforme regra de Logística cadastrada;
  • Caso o estoque não possui unidades de estoque, ou seja, está zerado, ele não é elegível a atender o pedido de nenhuma forma e não deve ser considerado;
  • Caso o estoque tenha unidades de estoque, mas não possui nenhuma regra de Logística cadastrada, então o estoque está apto a atender o pedido, porém, não com a mesma prioridade que um estoque no cenário do item c;
  • Após termos validado todos os estoques do sku em questão, devemos ordenar esses estoques por prioridades conforme as regras atendidas para conseguirmos fazer o decremento das unidades e o direcionamento de CEP para os gateways de frete (intelipost - essa parte funciona somente para intelipost atualmente);
  • Caso não seja possível retirarmos todas as unidades solicitadas no pedido de um só estoque eleito; devemos ir decrementando o restante das unidades dos estoques que possuem as maiores quantidades; caso haja empate, devemos utilizar para desempate o estoque que tenha menos movimentação (atualização ocorreu em uma data antiga comparado a outros estoques).


PONTUAÇÃO

  • i) Se o estoque está zerado, então recebe 0 de pontuação;
  • ii) Se o estoque possui unidades, então recebe 1 de pontuação e pode ser somado com a regra (iii).
  • iii) Se o estoque possui regra de Estado cadastrada, então recebe 2 de pontuação e pode ser somado com a regra (ii).



5 - Exemplos práticos


  • Exemplo 01 (Regra de Estado encontrada e estoque suficiente em um Local de Estoque)

SKU

LOCAL DE ESTOQUE

QUANTIDADE DE ESTOQUE

REGRA DE ESTADO

X

A

4

PR / RJ

X

B

5

ES / SC

Y

A

10

PR / RJ

Y

B

7

ES / SC

Z

A

3

PR / RJ


Nesse caso, para o SKU X, estamos disponibilizando um total de 9 unidades para venda; para o SKU Y estamos disponibilizando um total de 17 unidades e para o SKU Z, um total de 3 unidades. 


Obs.: Serão disponibilizados a somatória de quantidades de estoque entre os locais de estoques físicos de um SKU. 


PEDIDOS (Um pedido com duas unidades do SKU X e três unidades do SKU Y com cotação do Estado do PR)

SKU

QUANTIDADE

COTAÇÃO

X

2

PR

Y

3


PONTUAÇÃO

SKU

LOCAL DE ESTOQUE

QUANTIDADE DE ESTOQUE

REGRA DE ESTADO

PONTUAÇÃO

X

A

4

PR / RJ

ESTOQUE + COTAÇÃO = 1 + 2 = 3

X

B

5

ES / SC

ESTOQUE = 1

Y

A

10

PR / RJ

ESTOQUE + COTAÇÃO = 1 + 2 = 3

Y

B

7

ES / SC

ESTOQUE = 1


ORDENAÇÃO

LOCAL DE ESTOQUE

SKU

QUANTIDADE

A

X

4 – 2 unidades

B

X

5

A

Y

10 – 3 unidades

B

Y

7

 

O Local de Estoque A teve prioridade no pedido em questão por conta de sua pontuação, dessa forma, o pedido será atendido pelo Local de Estoque A, removendo 2 unidades do SKU X e 3 unidades do SKU Y; e a cotação de frete será encaminhada como  CEP de origem do Local de Estoque A para a Intelipost. 


CONCLUSÃO

LOCAL DE ESTOQUE

SKU

QUANTIDADE

COTAÇÃO

A

X

2

A

B

X

5

A

Y

7

B

Y

7



  • Exemplo 02 (Regra de Estado não encontrada e estoque de N CD’s)

SKU

LOCAL DE ESTOQUE

QUANTIDADE DE ESTOQUE

REGRA DE ESTADO

X

A

4

PR / RJ

X

B

5

ES / SC

Y

A

10

PR / RJ

Y

B

7

ES / SC

Z

A

3

PR / RJ


PEDIDOS

SKU

QUANTIDADE

COTAÇÃO

X

7

SP

Y

8


PONTUAÇÃO

SKU

LOCAL DE ESTOQUE

QUANTIDADE DE ESTOQUE

REGRA DE ESTADO

PONTUAÇÃO

X

A

4

PR / RJ

ESTOQUE = 1

X

B

5

ES / SC

ESTOQUE = 1

Y

A

10

PR / RJ

ESTOQUE = 1

Y

B

7

ES / SC

ESTOQUE = 1


Não há nenhum local de estoque que tenha regra de logística e houve empate na pontuação dos locais, portanto, a ordenação se dá para locais de estoque com maior quantidade. O primeiro desempate é em quantidades maiores e mesmo se houver empate, daí o local de estoque com menos movimentação será o prioritário. 


Por isso, o local de estoque B do SKU X teve prioridade em vez do local de estoque A. 


ORDENAÇÃO

LOCAL DE ESTOQUE

SKU

QUANTIDADE

B

X

5 – 5 unidades

A

X

4 – 2 unidades

A

Y

10 – 8 unidades

B

Y

7

 

CONCLUSÃO

LOCAL DE ESTOQUE

SKU

QUANTIDADE

COTAÇÃO

B

X

0

B

A

X

2

A

Y

2

B

Y

7